domingo, 2 de outubro de 2011

Contra os amarelos vencer, vencer, vencer

Ontem o SL Benfica jogou em casa contra três equipas que vestiram de amarelo, ganhou a todos.

A febre do chuta-chuta na bancada

A equipa de futsal jogou contra a AMSAC e venceu por 5-3. O jogo foi bastante difícil, porque os adversários defendiam bem e conseguiram chegar a uma vantagem de 2-0 aproveitando as poucas ocasiões de golo que tiveram. Se no ataque do SL Benfica as coisas não estavam a correr bem, na bancada não estavam a correr melhor, o público desesperava e com todo o seu conhecimento do desporto pediam aos desportistas que chutassem a todo o instante; uma lufada de ar fresco neste aspecto era a criança de cerca de 6/7 anos que mostrava ter mais entendimento de futsal que os adultos à minha volta.

Depois de um grande partimento de Diece, Davi consegui reduzir a desvantagem do SL Benfica antes do intervalo. Joel Queirós continua a mostrar ter muita inteligência na sua forma de jogar, por vezes demais até para os colegas. Mas quem foi o grande desequilibrador do SL Benfica - apesar dos três golos de Joel - foi o Diece, muitas vezes não teve acompanhamento nas jogadas que desenvolvia, esteve sempre irrequieto e a criar perigo. Quando o resultado estava em 3-3, o Davi fez uma falta muito feia à qual acrescentou um cheirinho de agressão a um adversário e devia ter sido expulso (foi poupado a isso). Depois foi altura de Joel Queirós abrir o livro e marcar os dois golos da vantagem, o segundo foi um chapéu muito bonito que só pode ser executado por artistas.


SL Benfica 25-18 ABC

No andebol o SL Benfica conseguiu uma vitória tranquila contra o ABC. Foi um jogo em que o guarda-redes Ricardo Candeias esteve muito bem e foi talvez o jogador mais importante da vantagem benfiquista. Ao intervalo o SL Benfica ganhava por 10-8 e foi no início da segunda parte que se começou a distanciar no marcador. Numa altura em que a má pontaria do ataque do ABC esteve em evidência. O SL Benfica tem alguns jogadores lesionados mas mesmo assim faltou alguma rotatividade dos jogadores presentes no jogo; o João Pais e o José Costa pouco jogaram, este último tem uma capacidade impressionante para receber a bola apertado por adversários e virar-se para a baliza rematando com qualidade.



SL Benfica 4-1 FC Paços de Ferreira

Mais uma vitória tranquila do SL Benfica, com mais uma boa exibição. Destaco os golos de Saviola, um jogador que eu aprecio muito e a quem o início de época não estava a correr bem; para mim continua a ser um prazer vê-lo jogar com esta camisola. Neste jogo o Gaitán esforçou-se mais que nas partidas anteriores (e não viveu de dois ou três lances vistosos que o fazem brilhar nos jornais e nos vídeos do Youtube). Mais uma vez o Rodrigo teve oportunidade de jogar e parece-me que o Jorge Jesus vai apostar cada vez mais nele. O Nolito continua a deslumbrar, espero que mantenha esta vivacidade durante muito tempo.



Já hoje fui assistir ao jogo de basquetebol SL Benfica - FC Barreirense para a Taça António Pratas.

SL Benfica 86-69 FC Barreirense

Neste jogo deu para perceber que a equipa tem mais opções válidas no banco, apesar de momento estarem lesionados o Ben Reed e o Betinho. Gostei de ver o Ted Scott, parece ter pontaria para os triplos, um aspecto que era a lacuna da época passada. Apesar da vitória folgada, a equipa cometeu muitos erros: o Élvis faz muitos turn overs, especialmente de vido a passos; houve uma ocasião em que todos os jogadores tinham marcação menos o que transportava a bola (que tinha uma estrada aberta à sua frente, aproveitou para marcar um triplo); noutra o FC Barreirense tinha um segundo de ataque e depois de um desconto de tempo em que o Carlos Lisboa avisou como deviam ser feitas as marcações o Barreirense conseguiu marcar; etc... Desatenções à parte, pareceu-me que estamos mais fortes que na época anterior. Jogaram quatro jovens -António Monteiro, Carlos Ferreirinho, Pedro Belo e Thiago Tomassi -, que chegaram a estar em campo juntos nos últimos 36 segundos. Despertou-me a atenção o Carlos Ferreirinho que esteve bem a defender, deverá ter futuro no SL Benfica, tal como o Tomás Barroso que jogou contra o Terceira Basket. Esta aposta em jovens vem contrariar a tendência das últimas épocas em que a média de idade da equipa era muito elevada.

4 comentários:

  1. Também assisti a todos esses jogos, mas pela Benfica TV.
    Tens razão, o Davi devia ter sido expulso. Não havia necessidade duma entrada tão rude!
    Vitória indiscutível, embora difícil porque a equipa só acordou na 2ª parte.
    No andebol também concordo, não percebi porque o João Pais jogou tão pouco tempo quando no jogo anterior foi dos melhores. Lesão? E o João Lopes?
    No basquetebol não há nenhuma dúvida que temos muito melhor equipa. Falta treino e rotinas pois muitos são novos.
    E gostei de ver a aposta nos miúdos. O Ferreirinho vai ser craque, no pouco tempo que jogou fez um triplo.
    O Ted Scott é um grande reforço. Dos novos era o único que nunca tinha actuado em Portugal por isso era uma incógnita, mas provou nos dois jogos que tem tudo o que um base precisa de ter, técnica, velocidade e bom tiro exterior.
    Estou muito esperançado na reconquista do título de basquetebol. Aliás, estou confiante em todas as modalidades.

    Abraço.

    ResponderEliminar
  2. Manuel, também estou confiante em todas as modalidades, no ano passado só não estava no basquetebol porque a época foi muito desgastante. Este ano acho que o voleibol vai ser campeão (a minha desilusão do ano passado) e todos os outros são claros candidatos.

    Duvido que tenham mostrado na TV o encosto de cotovelo que o Davi deu depois dessa entrada a outro adversário.

    Jorge, sim fui ver todos os jogos ao vivo.

    ResponderEliminar
  3. Boas!

    Devo dizer que gosto imenso deste blogue!

    Podem adicionar os meus aos vossos links? Eu prometo que retribuo :p

    http://davidjosepereira.blogspot.com/

    Saudosos cumprimentos!

    ResponderEliminar